05:31 26/05/2022
Ouça a Rádio ao Vivo!   

Valor da gasolina no RS volta ao patamar anterior à redução do ICMS; especialistas atribuem alta à política de preços da Petrobras

O Rio Grande do Sul ingressou no mês de maio com a gasolina custando, em média, R$ 6,95, conforme o último levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Esta é a primeira vez no ano em que o valor ultrapassa a marca de dezembro de 2021, último mês em que as alíquotas de ICMS sobre o combustível foram de 30% no estado — desde janeiro, a taxa é de 25%.

No final de 2021, o estado tinha a terceira gasolina mais cara do país, com média de R$ 6,94 o litro. Nos meses seguintes, já com a redução do ICMS, houve queda de 59 centavos no preço.

Contudo, apesar do alívio no imposto, houve reajustes cobrados pela Petrobras que impactaram no valor. Veja o gráfico abaixo.Variação do preço da gasolina no RSAté 6 de maio de 2022.

O subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira, ressalta que os estados congelaram o valor que é utilizado para a base de cálculo do ICMS sobre a gasolina. A medida se deu após críticas do presidente Jair Bolsonaro (PL) aos governadores, responsabilizando-os pela alta dos combustíveis.

Para economista Gustavo de Moraes, professor da Escola de Negócios da PUCRS, esse congelamento colaborou para a não explosão dos preços.

“Aquele benefício concedido pelas secretarias de Fazenda de todo o Brasil ainda é importante. Se não fosse por ele, nós teríamos um preço de gasolina ainda maior”, diz.

O especialista ainda pontua que a elevação do valor da gasolina no RS não tem relação direta com os impostos. Os atuais preços se devem à política de preços da Petrobras, considera Moraes.

Apesar da alta, a média da gasolina no RS segue sendo uma das menores do país, como se vê desde fevereiro. Em maio, apenas São Paulo (R$ 6,94) e Amapá (R$ 6,48) têm combustíveis mais baratos.

Fonte: G1/RS

Compartilhe com seus amigos!



INFORMAÇÃO PORTAL SOLEDADE NEWS : O uso deste conteúdo é gratuito desde que citada a fonte e o link da publicação original.